Hora Legal Brasileira

quarta-feira, 25 de maio de 2011

ABAIXO A HOMOFOBIA!!!

Que pena!
Mais uma vez o governo cede aos que odeiam Direitos Humanos (infelizmente, a bancada que se diz "religiosa").
Ano passado, foi o PNDH3, que foi "censurado" pelos militares e "religiosos". Os primeiros ficaram indignados com o Programa porque era contra o "direito" que eles tiveram de torturar e assassinar, mesmo isso sendo crime na mesma ditadura que eles defendiam.
Os "religiosos", porque diziam que mulheres não podem ter seus direitos individuais respeitados e é preferível que mulheres morram em condições subumanas a abortar uma gravidez indesejada. É muita hipocrisia, principalmente para quem deveria - até mesmo por ofício - proteger as pessoas, independentemente de qualquer coisa!
Agora, a presidenta Dilma cancela a distribuição dos kits contra a homofobia, apelidado pelos mesmos "religiosos" que semeiam ódios, de "kit gay". Eles fazem um barulhão e ameaçam, regateiam e o governo sempre cede às suas manobras de quererem que a sociedade seja regida pelos seus cânones.
Não pode! O ESTADO é LAICO! A legislação que é para todos não pode ser baseada em preceitos religiosos. Com os homossexuais, esses senhores são de uma perversidade sem limites. Qualquer discussão sobre os direitos desses CIDADÃOS(ÃS), os tais "religiosos" fazem o maior escarcéu! Eles querem ter o direito de fomentar o ódio e esculhambar os homossexuais.
Eles já tiveram o direito de dizer que negros são sujos, que mulheres são propriedades dos seus pais/irmãos/maridos e que pessoas com deficiência devem ficar à margem, por não serem "normais". Perderam o direito de dizer isso e agora querem continuar a ter o direito de instigar pessoas a assassinarem outros cidadãos somente pelo simples fato de serem Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais.
Mais uma vez, repito: preceitos religiosos são para serem seguidos por quem professa religião. A sociedade é composta por crentes (entre eles, seguidores de diversas seitas e/ou "denominações") e não-crentes. Estes  (os NÃO-CRENTES!) têm direitos que não podem ser tolhidos por simples preceitos religiosos.
Como muito bem disse o ministro Celso de Melo no histórico dia cinco de maio deste ano: "nenhum preceito religioso está acima da Constituição". Quem rege a sociedade deve ser o PODER CIVIL e não o poder de deus(es).
Poderes de deus(es), que fiquem no templo que é seu lugar.
Ou, os que não acreditam em papais noéis e deuses estamos impossibilitados de exercer nossos DIREITOS CIVIS?

3 comentários:

Rinaldo disse...

prezado amigo Junior
voce é muito feliz, ao dissertara sobre o odio dos falsos religiosos, os que se arvoram no direito de ser deuses e ditar normas de conduta sexual para o Pais.
muito bem quando dizes, o Estado e´laico. todos temos que nos respeitar, e pior ainda , a Inteligencia Suprema do Universo, Deus, nao passou, nem passa, nem passará jamais nenhum atestado para que esses Hipocritas o representem.
eles falam de amor, mas pregam odio e disseminaçoes. a luta continua, grande abraço, Rinaldo

Ivanildo disse...

Infelizmente o oma lá da cá ainda continua, mesmo em governo do PT, eles fazem o que a direita nojenta sempre fez, a diferença é que eles"fazem com dor no coração" ?
Uma presidenta que foi torturada se submete aos caprichos de uma direita que hoje apoiaria torturá-la novamente, caso os EUAS dê outro golpe para os militares laberem as botas dos americanos. Lamentável. E Palocci tá aí. Ficou rico honestamente e é chefe da casa civil.
Golberry se estivesse vivo estaria dando risadas.

Torie Yang disse...

Me gusta mucho tu blog, espero que podamos intercambiar introducir un software gratuito de recuperación de fotos.MiniTool Power Data Recovery